quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Air Asia: 10 dicas para voar bem

Foto legalmente surrupiada do Viewology.Net
Quem planeja uma viagem ao Sudeste Asiático vai acabar descobrindo a Air Asia, companhia aérea low cost. Em fevereiro de 2011, voei nela quatro vezes: Siem Reap - Kuala Lumpur, Kuala Lumpur - Cingapura, Cingapura - Chiang Mai e Chiang Mai - Bangkok.  Isso não me torna uma especialista no assunto, mas essa é a vantagem de se ter um blog!
Compra da Passagem
1º. Compre suas passagens diretamente no site da Air Asia com o máximo de antecedência possível e você será recompensado! 


2º. Muito cuidado com as regras tarifárias das passagens. Passagens promocionais = maior número de restrições! Leia com atenção as regras tarifárias. [O Rodrigo Purish do Aquela Passagem tem um ótimo post que trata exatamente disso]
3º. Acho que vale a pena gastar um pouco mais, em torno de US$ 2, e marcar lugar no vôo. Alguns assentos são mais caros.
4º. O espaço entre as poltronas é pequeno. Se você tiver mais de 1,70 cm considere comprar um hot seat.
Bagagem
5º. Pode-se levar a bordo, sem custo, uma mala de  56 cm x 36 cm x 23 cm pesando até 7 kg. Não vi ninguém conferindo essas dimensões e/ou peso, mas eu não me arriscaria. E, sim, algumas pessoas tinham malas maiores/mais pesadas.
6º. A simples compra da passagem não oferece uma franquia de bagagem despachada grátis. Recomendo que, ao comprar a passagem, você também compre o direito de despachar uma mala. Sai cerca de 30% mais barato do que pagar para despachá-la no momento do check in. O preço para uma mala de até 15kg custa, em média, US$ 8 (o valor varia segundo o trajeto). O peso máximo permitido para cada mala é de 30 kg. Veja mais detalhes aqui.
Check in
7º. Verifique qual é o aeroporto (a cidade pode ter mais de um!) e o horário de abertura do check in. Recomenda-se chegar ao aeroporto com, no mínimo, duas horas de antecedência. O número de passageiros costuma ser grande  e os procedimentos de segurança são rigorosos. Pode-se gastar muito tempo em longas filas do Raio-X. 
Comida
8º. Mais uma coisa que pode ser comprada junto com a passagem: comida. Caso sua viagem dure mais de três horas ou se seu vôo sair/chegar muito cedo/tarde, sugiro que você já compre um lanchinho. As opções podem ser vistas aqui. E mesmo que você não queira nada, vale a pena espiar (e estudar) o catálogo: tem uns pratos bem curiosos!
Hotéis
9º.  Verifique os preços dos pacotes e dos hotéis oferecidos pela Air Asia, às vezes dá para encontrar boas ofertas.
Feriados
10º. Lembre-se que o grande feriado asiático é o Ano Novo Chinês. Se você estiver lá nessa época, programe-se com bastante antecedência. As comemorações duram um mês, mas a primeira semana é a mais agitada. O site da Air Asia tem, ainda, um providencial calendário de eventos/país
Leia mais sobre a Air Asia no Mikix e no Aquela Passagem .
Pontos positivos: Adorei voar na Air Asia! No geral, correu tudo bem, não me lembro de atrasos nos vôos ou confusões no check in. Os preços das passagens são excelentes!
O que poderia ser melhor: A sinalização para os passageiros na hora do desembarque. Como os aeroportos/terminais das cias low cost são mais simples (a exceção é Cingapura), pode-se caminhar por um longo trajeto sem sinalização adequada. [Leia-se: fiquei perdida em um aeroporto. A sorte é que na Ásia você nunca paga um mico desses sozinha.]

8 comentários:

  1. Oi Lu,
    Acompanhei sua viagem pelo twitter e agora pelos posts. Talvez eu vá em Fevereiro para o sudeste asiático e estou fazendo uma ronda pelos blogs em busca de dicas. Me lembro que voce foi via Africa. Por que cia aerea? Voou direto para Bangkoc ou parou alguns dias na Africa. Se puder me dar alguma dica sobre o voo do Brasil para a Asia eu agradeço. Abraços
    Flora

    ResponderExcluir
  2. Flora,
    Que bom te ver por aqui!
    Fiz Rio-Johannesburg pela TAM e Johannesburg-Bangkok pela Thai. O vôo da TAM foi com um avião mais velho, não lembro o modelo agora, mas a viagem só dura 8 horas e foi bem razoável. O vôo da Thai foi com um avião bem melhor e, apesar de durar 12h, foi muito tranquilo e com bom entretenimento a bordo.
    Paguei exatos US$2mil pela passagem, mas o trecho da Thai foi promocional e não permitiu acúmulo de milhas :-(
    Optei por ir pela África depois de trocar figurinhas com a Sylvia e outros trips. Apesar da ida pela Europa ser mais tentadora - e o preço era mais em conta - a viagem seria mais longa (vôos de 11h ou mais) e o choque térmico maior. Tenho uma rinite chata e as mudanças bruscas de temperatura me fazem muito mal!
    Foi fundamental ter dormido uma noite na África para aguentar a viagem de ida. Na volta, não parei, mas dei sorte, pois a conexão era curta. Se tivesse tido mais tempo, dormiria mais uma noite em Johannesburg. Na verdade, fiquei triste por não ter conhecido mais da África do Sul!
    Enfim, gostei do vôo e recomendo, mas não espere muito da TAM. Agora, existe a opção de ir pela Emirates saindo do Rio (não sei onde você mora) e é bom checar os preços.
    Torço para que você visite a Àsia, vale muito a pena!
    Bjs,

    ResponderExcluir
  3. Ótimo post! E interessante a dica de comprar até a comida antecipadamente! Eu vooei com a Air Asia láaaaa em 2007, quando fui pra Tailândia. Fiz quatro voos com eles e gostei muito - naquela época nem cobravam por mala despachada e os tickets foram mesmo bem baratos. Avião bem decente, comissárias super simpáticas e nada de atrasos; recomendo também.

    ResponderExcluir
  4. Mari,
    Que bom que você gostou!
    Eu achei que a Air Asia tinha menos comentários negativos que a Jet Star e dei preferência a ela.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu, meu nome é Luiza, não sei se vc ainda usa este blog, mas lá vai umas perguntinhas rsrs Eu vou viajar para Shangai com a minha mãe, e tenho algumas duvidas como por exemplo se eu posso levar comida como pacotes de feijão na mala despachada enfim, e se o peso tanto na bagagem de mão quanto na despachada for maior que o permitido a multa é muito alta? E lá mesmo em Shangai vou poder comprar tudo com dolar ou fica mais barato trocar o dolar pela moeda chinesa no caso? Bom gostaria de mais algumas dicas sua, é sempre bom ainda mais de quem já viajou bastante pela Asia né, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiza,
      Nunca viajei para China! Mas vou tentar te ajudar:
      1) A questão da comida na mala despachada pode ser um problema. No Chile, por exemplo, eles não te deixam entrar com nenhum alimento e a multa, caso encontrem algum, pode ser pesada.
      2) Bagagem: cada companhia cobra um valor por peso extra da bagagem despachada. O controle costuma ser rigoroso. Quanto à bagagem de mão, o controle é um pouco mais flexível, mas você deve procurar respeitar as dimensões permitidas e, também, o peso. Esses valores variam de entre as cias, mas, geralmente, a bagagem de mão não pode pesar mais de 8kg. Dê uma boa procurada no site Aquela passagem http://www.aquelapassagem.com.br/ Há muita coisa sobre esse assunto lá.
      3) Não sei nada da China. O Antonio e a Ellen estão em uma viagem de volta ao mundo e tem MUITA coisa sobre a China. Comece lendo o post http://viagemafora.blogspot.com/2011/07/coisas-que-voce-precisa-saber-antes-de.html
      Boa viagem! Um abraço,

      Excluir
  6. OI LU, adoro seu blog e suas dicas, sobre passagem entre os paises da indochina. Por acaso voce sabe se é possivel comprar passagem direto daqui do Brasil pelo site da Vietnam Airways? Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,
      Acho que você deve estar falando da Vietnam Airliens, não? Teoricamente, é possível, sim, comprar a passagem pelo site deles. É importante liberar o seu cartão de crédito para transação no exterior antes da tentativa.
      Se você não conseguir, coloque uma pergunta em um post lá do Viaje na Viagem. Sugiro que coloque no http://www.viajenaviagem.com/2009/11/sudeste-asiatico-pra-mirella/
      Boa sorte, um abraço

      Excluir